Home » » FLORES

FLORES

A quanto tempo não se vê um cabaço?
Tudo bem que quanto mais se usa uma buceta melhor ela fica! Só uma bucetinha experiente sabe aqueles segredinhos e truques que enlouquecem um homem. Mas o cabaçinho exerce um fascínio sem igual, não há nada como enfiar a mão numa calcinha, correr os dedos pentelhos abaixo até encontrar a grutinha e nela achar a membrana mágica, que esconde os segredos daquele lugar intacto. Um cabaço não deve ser tirado de pronto, deve ser apalpado ternamente, cheirado e saboreado como uma iguaria rara, elogiado com todas as palavras safadas que puder encontrar e só deve ser rompido quando estiver meladinho com uma estocada firme e segura.
O cabacinho deveria ser como as flores, nascer de tempos em tempos...
texto extraido da net
 
Support : Copyright © 2015. arte sania original - All Rights Reserved