Home » » UNIBAN E TALEBAN

UNIBAN E TALEBAN

DÉCIO LENCIONI MACHADO, assessor jurídico da UNIBAN, explicando na FOLHA a decisão da Universidade de expulsar a estudante Geisy Arruda.
FOLHA - Por que a decisão?
MACHADO - Por meio dos depoimentos dos alunos, professores, funcionários e mesmo dela, constatou-se que a postura dela não era adequada há algum tempo. O foco não é o vestido. Tem menina que usa roupas até mais curtas. O foco é a postura, os gestos, o jeito de ela se portar. Ela tinha atitudes insinuastes.
MACHADO - Ela extrapolava, rebolando na rampa, usando roupas que os colegas pudessem verificar suas partes íntimas. Isso tudo foi dito em vários depoimentos e culminou no que ocorreu no dia 22 de outubro. Foi o estopim de uma postura recorrente da aluna.
FOLHA - Por que o anúncio? Não acham que estão expondo a aluna?
MACHADO - A exposição dela vem ocorrendo desde a semana seguinte a 22 de outubro. Ela se utilizou de todos os veículos de comunicação para divulgar [o que aconteceu] e vem declarando que, inclusive, tem interesse em ser atriz. Estamos querendo usar os mesmos veículos, não para expô-la, porque exposta ela já está, mas porque tenho compromisso com 60 mil alunos. Recebemos 4.000 e-mails de alunos, pais, pessoas da comunidade, se queixando da exposição da instituição, em especial do curso de turismo, porque as meninas estavam sendo chamadas de “putas”.
Proibir a BURCA significa esperança para meninas e mulheres que vivem nas periferias das grandes cidades francesas e sofrem todos os dias, assedio por se vestirem como "francesas" isto é, usam SAIA CURTA, JEANS e BLUSAS DECOTADAS.
A violência é imensa, não só verbal, mas estupros e pancadas fazem parte do dia a dia dessas mulheres que habitam a periferia e não se adequam à idéia deturpada e perversa dos homens TALEBANS.
 
Support : Copyright © 2015. arte sania original - All Rights Reserved